E um dia a Estrelinha brilhou! E as nossas caras encheram-se de Felicidade. E as nossas vidas mudaram! E tu és a nossa razão de viver. Bem vindo Miguel! Estamos ansiosos Margarida!

Miguel

Margarida

quinta-feira, 18 de maio de 2006

Sentado!

Por pouco tempo, é verdade.... E com a ajuda da avó que está de sentinela!

O tempo tem sido mesmo o grande problema para vir aqui escrever!

O trabalho na companhia e depois em casa.... huffa..... é dose!

Mas prometo que vou tentar ser mais assídua!

Quanto ao Miguel, está a crescer! Muito! Em todos os aspectos! E está lindo!

terça-feira, 9 de maio de 2006

Dia da Mãe, Primeiro Dente(!!!) e Primeiro dia de Trabalho e 5 Meses, TANTA COISA!

Agora, o tempo começa a ser escasso para vir aqui escrever alguma coisa, ainda mais porque no trabalho não tenho acesso aos blogs.

Bem, quanto ao Dia da Mãe. Não há palavras para descrever o que senti. Ao fim de 8 anos, e mesmo já tendo passado um Dia da Mãe grávida, não há nada como olhar para os olhinhos e o sorriso do Miguel e imaginar que ele está a dizer: Feliz dia Mãe!
Senti durante o dia todo um orgulho tão grande e estou tão agradecida por ter um filho lindo e saudável! Não há realmente palavras!

Ainda mais este ano que calhou dose dupla porque festejámos também o dia de anos do pai!

Por isso, a prenda que nos demos a todos foi um lindo passeio à Ericeira, onde almoçámos e passeámos à beira mar! Foi um dia muito bem passado. E o Miguel esteve sempre muito contente e bem disposto.

A prenda de anos do Miguel para o pai foi um postal com as mãozinhas e os pezinhos dele próprio, que foram feitas com tinta! O pai adorou!
AH! E ofereceu-nos também o seu primeiro dentinho! Anda um bocadinho aflito, mas temos posto muito Pansoral e parece que alivia! Foi uma prenda linda, filho! Muito Obrigado!

Quando ao primeiro dia de trabalho…. bem…. Passou…. Com muito custo, com o coração muito apertadinho e com uma vontade enorme de sair a correr para casa!

Mesmo sabendo que estavas com o paizinho e que até a avó L. te visitou (e te deu a sopinha, que comeste sem refilar, malandro!)…. Quando for para o infantário é que vão ser elas! Mas ainda faltam 5 meses, isso é uma preocupação lá mais para a frente!

Às 15h foste buscar a mãe ao trabalho com o papá. Chegaste ao pé de mim a dormir, mas a caminho de casa acordaste e fizeste uma cara mais linda quando me viste! Um sorriso tão grande! - AH! Mãe! Estás aqui outra vez!!

De presente, fomos ao Vasco da Gama comprar a tua prendinha dos 5 MESES! Recebeste um Sapo Gigante com um aquário e um espelho reflector para colocar no banco de trás do carro do papá! Assim, tu vais entretido e o pai ou a mãe (quem for a conduzir) pode ver como estás!

Pois é, meu bonequinho, já tens 5 mesinhos.

5 Mesinhos de muito amor;
5 Mesinhos de muita felicidade;
5 Mesinhos de muita alegria!

E já estás tão esperto:

- Já quase que rolas! Já fazes o impulso com o pezinho direito e dás com o rabinho para a esquerda, mas ainda só ficas de lado!
- Já deslizas para trás na cama! Deitamos-te no princípjo e num estantinho vais até à cabeceira!
- Já não é a primeira vez que acordas completamente virado na cama. Sim, com a cabeça para os pés! És um piolho eléctrico!
- Já das gargalhadas! Tantas! E ficas tão feliz quando brincamos contigo! Falas, palras e dás aos bracinhos e perninhas!
- Já brincas tanto com os teus bonequinhos! Mas sentado! Como os grandes! A mãe é que não faz outra coisa a não ser levantar-te, pois passas o tempo todo a tombar….
- Adoras estar sentado apenas seguro com as mãos. Muito direitinho e com o pescoço muito esticadinho a olhar para todo o lado! E fazes já força para te levantares! E com a ajudinha da mãe consegues e ficas em pé! Todo inchado! E Feliz!
- Adoras ver a tua imagem reflectida no espelho! Ficas maluco! E falas!
- Depois da papinha, enquanto a mãe e o pai jantam, ficas sentado na tua cadeirinha da papa e falas, falas, ris, gritas e olhas para nós com tanta ternura! Lindo!


Bem, grande discurso!
Por hoje chega!

quinta-feira, 4 de maio de 2006

E só faltam 3 dias....

Pois é, filhote, só faltam três dias para a mãe recomeçar a trabalhar. Só de pensar nisso doi.... doi muito, mas tem de ser.
Não pode ser de outra forma!
Nas próximas duas semanas vais ficar com o papá que tirou a licença parental para ficar contigo, por isso a mãe vai trabalhar muito sossegadinha. Depois, até outubro ficas com a Tia Avó Z. que é um amor e aceitou ficar contigo aqui em casa até Outubro que é quando entras para o infantário. Estava combinado ficares uma semaninha com cada avó, mas além de elas já não serem novas e não terem muita saúde, seria um grande transtorno deixarem a vida delas para virem viver para Lisboa semana sim, semana não.
O infantário pregou-nos uma grande rasteira, pois inicialmente dissémos que entravas em Junho, mas alterámos para Outubro quando as avós se ofereceram para ficar contigo. Entretanto a saúde degradou-se um pouco (de ambas....) e quando telefonei para informar que afinal entravas em Junho, já tinham ocupado a vaga..... por isso, tivemos que optar pela Tia Z. O que também me deixa muito descansada, ficas na tua casinha, com as tuas coisinhas e, esporadicamente, sempre que a Tia Z. não possa, vem uma avó tomar conta de ti.
Parece confuso, mas é a realidade, com muita pena minha por não entrares já no infantário.
Entretanto, resta-me aproveitar ao máximo estes três dias que faltam. Embora vá sair às 14.45h do trabalho, eu sei que me vai parecer uma eternidade todo o tempo que estiver na empresa. Mas, se Deus quiser ainda vamos ter tempo para muitas brincadeiras, muitos passeios e muitos, muitos, muitos miminhos, filhote!
Estás cada dia mais lindo! E a mãezinha e o paizinho mais felizes!
Entretanto dei por mim a pensar no que fiz e no que devia ter feito durante 5 meses em casa e, cheguei à mesma conclusão de que concerteza todas as mães: Não fiz 1/3 do que queria.
Foi só mimo, brincadeira e ver o Miguel crescer! E ainda bem que assim foi!
Só me falta uma coisa.
Uma coisa muito importante que tenho de fazer antes de ir trabalhar.
Tenho um género de um Moleskine, onde vou relatando todas as viagens que já fizemos. Posso chamar-lhe mesmo um diário de viagens. Conto tudo, quase até à exaustão para um dia poder lembrar-me de tudo e recordar alguns momentos que assim ficam para sempre.
Tantas e tantas vezes, em conversa com o pai, lamentava-me de não ter ainda tido a oportunidade de apontar no Moleskine a Maior, a Melhor, a Mais Importante e a mais Feliz viagem da minha vida! A VIAGEM PARA A MATERNIDADE!
Pois é, este fim de semana, depois de te deitar na caminha tenho de me concentrar, fazer um pequeno Flash Back (de quase 5 mesinhos) e começar a escrever..... Vou cumprir mais um Sonho!

quarta-feira, 3 de maio de 2006

Manias

A pedido desta mamã, e após muito esforço mental para conseguir reunir 5 manias (ele ainda é tão pequenino!) e pedindo desculpa pelo atraso, aqui vão as manias do Miguel:
- Para adormecer, uma gotinha de aero-om na chuchinha. Mas uma gota de ÁGUA faz o mesmo efeito!
- Quando o sono aperta a cabecinha começa a andar de um lado para o outro, a coçar os olhinhos e as orelhas. Se a mãe se distrai, há birra na certa. Se não, deita-o na caminha, ele vira a cabeça, para e dorme!
- Colo, só em pé (ele) e com a mãe a andar! Se a mãe se senta: berreiro!
- Chucha, só para dormir!
- Quando a mãe o leva para a janela, passa o tempo todo a olhar para fora e para dentro de casa e a dizer: Haaa... Haaa....
Desafio todas as que quiserem participar!
“Regulamento: Cada bloguista participante tem de enumerar cinco manias de seu filho, hábitos muito pessoais que o diferencie do comum dos mortais. E, além de dar o conhecimento dessas particularidades, tem de escolher outros cinco bloguistas para entrarem igualmente no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogs o aviso do recrutamento. Ademais, cada participante deve reproduzir este regulamento no seu blog.”